terça-feira, fevereiro 06, 2007

A EMANCIPAÇÃO DO HOMEM NÃO TERIA IDO LONGE DEMAIS?

EDITORIAL

A EMANCIPAÇÃO DO HOMEM NÃO TERIA IDO LONGE DEMAIS?

Jill Tweddie, redatora do jornal The Guardian (Londres), recebeu de uma respeitável sociedade de Oxford o convite para fazer uma comunicação conjunta sobre o tema "A emancipação da mulher não teria ido longe demais?" Numa carta aberta (The Guardian 20-09-79) em reposta a este convite, ela disse, entre outras coisas, o seguinte:
"Na realidade a questão mais crítica do século XX põe-se agora nos seguintes termos: Não terá a emancipação do homem ido longe demais?... Há cada vez mais neste planeta representantes do sexo masculino que a si mesmos se nomeiam reis, imperadores, xás de todos os xás, presidentes vitalícios, que reclamam o direito divino para torturar e matar inúmeros dos seus súditos desta ou daquela maneira com a ajuda dos outros homens, chamados policiais ou soldados, e de estrangeiros das chamadas democracias ou governos descaradamente totalitários. Se quiserem esclarecer as causas da fome na parte do mundo que chamam de terceiro, é só considerar os homens-de-negócio do campo, totalmente emancipados, os quais fazem das regiões pobres granjas de galinhas para abarrotar suas próprias bocas e bolsos... Homens socialmente emancipados gastam três milhões de libras esterlinas por minuto, em todo o mundo, em armas; homens intelectualmente emancipados empregam mais da metade dos recursos mundiais para pesquisa, em pesquisa de armamento.



Trecho de: A MULHER NUMA ESTRUTURA ECLESIAL MASCULINA
E. Carroll / R.Laurentin / M. Agudelo

3 comentários:

Cito Rodrigues disse...

Achei seu blogue apos apertar o botão "next blog" do meu blogue.

E achei interessante essa publicação, então lhe digo: não tem nada haver com ser homem ou ser mulher, a questão é ser humano.
Quem tem mais poder faz o que quer e quem está por baixo, reclama. Eu me encontro por baixo, então reclamo, não sei o que faria se estivesse por cima. Numa sociedade de negros ricos, os brancos seriam descriminados. Numa sociedade comanadada por mulheres, homens seriam subestimados. Numa sociedade comandada por vacas, o homem seria alimento.
Pura antropologia.

O feminismo é uma estupidez tão grande quanto o machismo. Mas antes de tentar mudar os homens, devem tentar reeducar a mulher, que entra no jogo masculino e aceita como verdade absoluta.

Cito Rodrigues disse...

Mas o que eu quero te dizer, é que a coisa aqui tá preta. Reitero Alice Walker: "Os animais do mundo existem para seus próprios
propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens."
O que eu vejo é que muitas minorias não lutam por igualdade, lutam pelo poder. Tenho medo disso. Sou minoria, pobre, de escola pública, vegetariano e vivo de arte. Sei do que eu falo quando te digo que muitas feministas, assim como muitos negros, não querem direitos iguais aos dos homens, ou dos brancos, querem sim ocupar o lugar destes e dominar da mesma forma que são dominados.

Não sei qual é seu caso...
E acho que já falei demais...

Patriarkill♀Grrrl disse...

[b]genial o post smelly! ^^[/b]

qto ao cito, leia o post 'Patriarcado de Saias'. O feminismo não deseja o trono do patriarca, mas destruí-lo junto com ele.
Poder é o problema, e não a solução.
O feminismo é contra o p[h]oder.